Marketing Nutricional
emfoco

 

Marketing no Restaurante

 

Detalhes que transformam uma ideia em um produto de referência

Por Redação MN

O Setor de Alimentação descobriu que pode e deve ser criativo. Vem criando em seu cardápio, produtos que se tornam referências ou serviços que atraem mais e mais clientes.

Mostra disso são Serviços de Alimentação como Outback, com a sua Bloomin' Onion, cebola gigante e dourada em formato de flor que todos já o identificam , o Paris 6 que homenageia em seus pratos nomes de artistas e celebridades que frequentam o Bistrô ou o Johnny Rockets com o conceito dos tradicionais American Diners dos anos 50,  com músicas tradicionais deixando o  serviço simpático, descontraído e divertido.

emfoco

Foto: Marketing Nutricional

Através de produtos “pratos“ específicos ou serviços diferenciados, os Restaurantes conseguem cada vez mais serem procurados e frequentados. Isto acontece porque os gestores vêm percebendo o quanto o cliente mudou o seu jeito para buscar, frequentar Serviços de Alimentação. Isso é tão real que muitas vezes antes mesmo de mencionar  o nome do estabelecimento faz referência à experiência que teve com o prato criado pelo Restaurante  e que o fez decidir por frequentar o local.

Em um bom planejamento de marketing, o setor deve lançar mão desse recurso para de forma mais consistente se tornar conhecido e até reconhecido pelo mercado consumidor. Através deste modelo, o Serviço de Alimentação poderá ganhar até mesmo na redução de custo, uma vez que estará pensando de dentro para fora mas ouvindo, vendo o comportamento e o perfil do cliente que frequenta o estabelecimento.

As Cozinhas Profissionais que prestam serviço dentro de outra empresa cada vez mais vêm transformando o seu modelo de negócio mais atual, começando pelo cardápio, estrutura  da cozinha , pelo ambiente do Restaurante , transformando-se em um produto mais próximo do que o cliente vê quando está fora do ambiente de trabalho.

emfoco

Acreditamos que as Cozinhas Profissionais podem também encantar os seus clientes, podem usar o mesmo modelo descrito anteriormente, criando seu próprio prato personalizado e também fazendo do Restaurante Industrial um lugar  aprazível usando da sua criatividade para melhorar e muito o ambiente.

Relacionar-se com o  Cliente é outro ponto fundamental. 

É preciso ter muita atenção e cuidado na hora de se relacionar com os clientes para garantir que o restaurante seja sempre apreciado e reconhecido. Além do próprio gestor, as equipes de funcionários  como garçons, copeiras, cozinheiros estão sempre em contato direto com o cliente e, por esse motivo, precisam também dominar a arte de se relacionar com o público.

Para isso precisa que se treine a equipe, explicando a importância de cada funcionário ser capaz de tentar solucionar problemas, especialmente se eles estiverem relacionados com alguma queixa do cliente.Um bom ponto de apoio ao marketing são os funcionários como sendo os primeiros embaixadores e representantes da sua marca, portanto o treinamento é muito importante. Eles precisam conhecer muito bem os serviços do restaurante, isso ajudará a conquistar a confiança e fidelizar os clientes. Também é uma forte mensagem sobre como sua empresa lida com seu time e demonstra cuidado e preocupação tanto com os funcionários quanto os clientes. Pense nisso.

 

Até a próxima edição!

 

Estamos com você, trazendo novidades, informações e notícias para o seu planejamento, para sua atualização e reciclagem, trazendo as tendências, os melhores fornecedores, as legislações sanitárias, as feiras, congressos e cursos do setor, conectando você ao Mercado de Alimentação. Acompanhe-nos e compartilhe.

Publicidade

banner

Por Dentro da Notícia



Para Refletir

Bancário abandona carreira para vender esfihas de triciclo
emfoco

(Eduardo Dessandes e triciclo da Mr. Esfiha: empreendedor já foi atleta profissional de golfe e bancário (Mr. Esfiha/Divulgação)

Não é fácil abandonar uma carreira estável para investir em uma ideia de negócio. Especialmente para Eduardo Dessandes: o morador do Espírito Santo virou bancário justamente buscando segurança, após ter uma profissão tão instável como atleta profissional de golfe.

Ele até chegou a jogar nos Estados Unidos. Por conta da idade e da dificuldade em obter patrocinadores para bancar competições, Dessandes retornou ao Brasil em 2008 e se tornou bancário.

“Mesmo assim, sempre comercializei produtos importados. Aproveitava qualquer oportunidade para conseguir uma renda extra. Então, acho que a ideia de empreender estava dentro de mim durante todo esse tempo”, conta.

Um dia, um amigo de Dessandes levou esfihas como almoço durante uma partida casual de golfe. “Vi um diferencial no produto – tinha qualidade, sabor e simplicidade. Quando comi me veio a sacada de vender no litoral de Grande Vitória”, afirma Dessandes.

O futuro empreendedor fez uma grande encomenda com esse fornecedor e fez o teste de mercado na praia. “No primeiro final de semana, foi um sucesso: vendemos tudo o que encomendamos. O fornecedor virou meu funcionário e de fato comecei o negócio.”

O ano era 2012. Dessandes decidiu, então, abandonar de vez seu emprego no banco para se dedicar ao empreendedorismo. Assim nasceu a Mr. Esfiha: uma rede de franquias  de triciclos que comercializam esfihas de sabores como calabresa com catupiry, carne, frango com catupiry, palmito na massa integral e ricota com espinafre na massa integral, além de opções doces como banana com canela.

Food truck

No segundo final de semana de operação, a Mr. Esfiha alugou uma barraca para vender na mesma praia. O negócio ia bem, até que a alta temporada acabou e a demanda diminuiu.

“Tivemos de buscar alternativas de locais de venda. Aí me lembrei dos food trucks, que havia visto nos Estados Unidos enquanto jogava golfe profissionalmente”, conta Dessandes. “Vimos que havia um mercado potencial, compramos um truck e montamos uma cozinha industrial. Fomos para pontos em que nosso produto teria demanda.”

Segundo Dessandes, os food trucks ainda não eram muito conhecidos em Vitória – os comerciantes com ponto fixo tinham medo da concorrência e operar na rua não era algo tão definido legalmente.Mas, com o tempo, a Mr. Esfihas foi se popularizando. Em 2016, o faturamento foi de 360 mil reais – e os pedidos de franquia começaram a aparecer.

Fonte: EXAME

Refletindo

A IMPORTÂNCIA DE FORNECEDORES QUALIFICADOS PARA ATENDER OS RESTAURANTES NO DIA DIA

Neste artigo vamos abordar sobre a qualidade e o fornecimento dos alimentos para os restaurantes e setor de A&B. No Brasil estamos passando por uma crescente mudança na nossa cadeia produtiva, sendo que alguns processos importantes como: plantio, colheita, danos mecânicos, tempo x temperatura e a logística veem interferindo drasticamente na qualidade do nosso produto final. Desta forma devemos estabelecer uma parceria sólida e saudável com os nossos fornecedores, contribuindo assim na busca da satisfação dos consumidores finais, e no crescimento de todas as empresas integradas à cadeia alimentar (MARINO, 1997).

Como gerenciadores de restaurantes, devemos criar métodos específicos de negociação com os nossos fornecedores para manter nossos custos em dia, assegurando a qualidade alimentar para os nossos consumidores. Desta forma, devemos conciliar alguns pontos importantes com os nossos fornecedores, sendo eles: padronização das matérias primas, embalagens adequadas, condições higiênico sanitárias satisfatórias, fornecedores certificados e o compromisso com datas e horários determinados.

emfoco

Quanto o maior número de informações técnicas chegarem ao nosso conhecimento, vamos ter consequentemente, um melhor controle de segurança e rastreabilidade alimentar da matéria prima. O termo de Qualidade pode ser definido como: grau no qual um conjunto de características inerentes satisfaça aos requisitos (ABNT, 2005). Sendo que ao longo de toda a cadeia produtiva o objetivo final e supremo do processo alimentar é o consumidor.

Conclui-se que para a obtenção de bons resultados no processo de qualificação dos fornecedores, vamos depender das estratégias e ferramentas utilizadas pela equipe de nutrição do restaurante e do setor de A&B. Sendo que toda a cadeia alimentar deve ser avaliada diante do seu processo logístico, garantindo a otimização dos recursos financeiros, valorização dos alimentos da safra, aplicando atitudes sustentáveis e fidelizando seus fornecedores com o compromisso de fornecer alimentos de qualidade e segurança alimentar.

emfoco

Artigo escrito por:

Dra. Camila Podete Luiz CRN3 16761. Nutricionista formada pelo Centro Universitário São Camilo com MBA em Gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi. Curso Internacional em Reggio Emilia- Itália. Curso de Pós Graduação em Alimentação Escolar pelo CBES. Curso de Especialização de Nutrição Clínica em Pediatria no Instituto da Criança e Hospital das Clínica/FMUSP.

Hoje atuo como Nutricionista Especialista /Consultora em Projetos Alimentares e Eventos / Gerente Operacional em A&B.

Referências Bibliográficas:

ASSOSIAÇÃO BRASILERIA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR ISO9000: Sistema de gestão da qualidade – Fundamentos e vocabulário. Rio de Janeiro, 2005.

DA SILVA PINTO, Sandro et al. A IMPORTÂNCIA DA QUALIFICAÇÃO DOS FORNECEDORES EM INDÚSTRIAS DO SETOR ALIMENTÍCIO. COGNITIO/PÓS-GRADUAÇÃO UNILINS. [online].  n. 1, 2013. http://revista.unilins.edu.br/index.php/cognitio/article/viewFile/1/3

MARINO, B.L., Neto. J.A.- “A Necessidade de Gerenciamento da Qualidade de Fornecedores no Ambiente Globalizado”. Gramado: ENEGEP,1997, no17. vol 4.

SILVA, César Roberto Lavalle da  and  FLEURY, Paulo Fernando. Avaliação da organização logística em empresas da cadeia de suprimento de alimentos: indústria e comércio. Rev. adm. contemp. [online]. 2000, vol.4, n.1, pp.47-67. ISSN 1982-7849.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-65552000000100004

 

Economia

Rede brasileira Coco Bambu cresce e abre 1° restaurante nos EUA

Por Karin Salomão

Expansão internacional é consequência do crescimento no Brasil: eram 5 lojas em 2014 e serão 30 até o fim de 2017

emfoco

Loja do Coco Bambu no Market Place em São Paulo: brasileira irá para os
EUA Tadeu Brunelli/Coco Bambu/Divulgação)

São Paulo – Nos últimos anos, diversos restaurantes norte-americanos chegaram ao Brasil. É o caso do Abbraccio e Fleming’s, ambos da dona do Outback, TGI Friday’s, que retornou ao país, e das redes de fast food Taco Bell e Wendy’s.

Com um jeito similar e modelo de casual dining, a brasileira Coco Bambu prepara agora o caminho inverso. Ela irá abrir sua primeira unidade no exterior, em Miami, Estados Unidos, depois de uma forte expansão nacional.

Ainda que a rede tenha aprendido muito ao crescer no Brasil – eram 5 lojas em 2014 e serão 30 até o fim de 2017 – inaugurar a primeira filial internacional foi um grande desafio.

Um dos maiores obstáculos foi conseguir a aprovação para o local. A companhia escolheu um prédio histórico em South Beach, Miami, bairro nobre da cidade americana. Por ser um edifício tombado pela prefeitura, foi preciso conseguir dezenas de aprovações da prefeitura e até de associações de moradores para a empresa funcionar.

Em vez dos costumeiros cinco meses para abrir uma unidade por aqui, a primeira loja no exterior demorou mais de 3 anos e meio para ser inaugurado. O investimento também foi maior, de cerca de 35 milhões de reais.

Apesar das dificuldades para inaugurar o restaurante no edifício histórico, Afrânio Barreira, presidente e fundador da rede, diz que o local irá ajudar a empresa a se posicionar nos Estados Unidos.

“Estamos trilhando o caminho mais difícil para entrar no país, mas também é o mais glamoroso. É um prédio conhecido, não vai passar desapercebido”, afirmou em entrevista exclusiva a EXAME.com.

Além disso, o empreendimento foi o mais estudado e planejado da história da rede, para diminuir as incertezas e ameaças. Foram diversas pesquisas, do cardápio à decoração, passando pelo nome que a marca deveria ter no exterior. Felizmente, Coco Bambu é um nome fácil de ser pronunciado por norte-americanos.

Mesmo com toda a preparação, Barreira diz sentir um frio na barriga.

“Não dá para empreender sem tomar riscos. É um país diferente, outra cultura e um investimento alto”, afirmou. E ele está confiante que o restaurante será bem aceito e que, em breve, irá inaugurar outras unidades no país.

Espaço de sobra

Afrânio é engenheiro de formação, mas foi sua esposa, Daniela Barreira, que o levou a empreender no ramo alimentício. Seu primeiro restaurante foi o Dom Pastel, em um espaço de 20 metros quadrados em Fortaleza.

Aos poucos, a venda de pastéis tomou todo o prédio. A loja precisou se diversificar e começou a vender sushi, sanduíches e pizzas. Abriram até um buffett infantil do outro lado da rua.

Barreira chegou a abrir dois postos de serviço para carros e uma empresa de construção, que mais tarde se transformou em imobiliária. Esses negócios foram essenciais para financiar o início da rede alimentar.

Foi só em 2009 que o primeiro restaurante com a marca Coco Bambu foi aberto, em uma área nobre de Fortaleza.

Atualmente, o Coco Bambu emprega mais de 4.000 funcionários e seus restaurantes recebem 9 milhões de visitantes todos os anos.

As atuais 26 lojas são grandes, com espaços para 500 a 1.300 clientes e, juntas, têm uma área construída equivalente a 14 campos de futebol. Espaços que requerem investimentos altos – e muito trabalho.

“Eu tinha um receio de que, se não houvesse pessoas muito presentes no restaurante e com a figura de dono, não daria certo”, afirmou o presidente. Por isso, ele optou por não se expandir por meio de franquias e, ao invés disso, empreende por meio de sócios.

Cada restaurante tem de dois a três sócios operadores. Um deles deve sempre estar presente, da abertura ao fechamento da loja. Eles entram com 12% do investimento, que é de cerca de 10 milhões de reais por unidade, e o restante fica com a holding.

Tem dado certo. Com as inaugurações previstas para este ano, a previsão é do faturamento chegar a 600 milhões de reais em 2017.

Que crise?

O maior crescimento no número de unidades veio de 2014 para cá. Há três anos eram 5 lojas, hoje são 26 e, até o fim do ano, serão 30.

Por conta da expansão acelerada, a empresa precisou estruturar melhor as áreas de suporte aos restaurantes. Nos últimos dois anos, foram criadas as equipes financeira, de recursos humanos, cozinha, manutenção e boas práticas, que realizam visitas constantes às unidades em todo o Brasil para garantir o bom funcionamento da rede.

Com departamentos e processos mais definidos, abrir um restaurante ficou mais fácil e rápido. O tempo do início do projeto à inauguração pode chegar a cerca de cinco meses.

Barreira garante que a crise não atrapalhou a expansão da companhia. Pelo contrário, “conseguimos muitas oportunidades de negócio pela vacância em shopping centers”.

Segundo ele, um dos motivos que ajudou a empresa a se manter acima das incertezas da economia foi o conservadorismo em relação ao investimento. “Trabalhei em um banco, o que deixou minha relação com dinheiro bem conservadora. Não pego empréstimos e nunca me endividei”, afirmou.

Ele garante que todo o dinheiro usado para as inaugurações vem do caixa e lucro da empresa. Assim, protegeu o negócio contra as flutuações do mercado.

Agora, a rede brasileira de frutos do mar se prepara para navegar em águas internacionais.

Fonte: EXAME

Economia

Bem Brasil lança novos produtos de batata no segundo semestre

emfoco

 

De olho no mercado efetivamente “Do tamanho do Brasil”, a líder no varejo nacional no mercado de batatas pré-fritas congeladas está pronta para lançar seus novos produtos e novas embalagens ao mercado nacional. Além dos novos cortes de batata pré-frita congelada, a grande novidade é o purê de batata (não congelado), produto voltado para o varejo e  food service. Os novos cortes de batata pré-frita congelada apresentam-se como  ‘fatiada’, ‘ondulada’ e ‘crinkle’.

A Bem Brasil Alimentos é uma empresa que detém um grande potencial no mercado brasileiro e hoje faz frente competitiva aos concorrentes estrangeiros, que dividem com ela, um mercado que cresce em torno de 8% ao ano e movimenta R$ 2,2 bilhões no período. Portanto, apresenta  um potencial de expansão igual às dimensões continentais do país. Em seu mix de produtos, são mais de 20 itens que atendem a demandas de restaurantes,  food service e para os lares.

Novos produtos

A  campanha para o lançamento de novos produtos segue  o conceito “Do tamanho do Brasil”, e não é força de expressão não. “As pesquisas que lastreiam nosso trabalho mostram que o consumo médio per capita de batata pré-frita, no Brasil, é de 8 kg/ano, sendo que a média mundial é de 20 kg/ano. É instigante ver que temos um potencial de 125% de crescimento até atingir esse patamar”, comemora Juliana Monteiro, supervisora de Marketing da empresa.

Neste segundo semestre estão previstas quatro campanhas, com vistas a esse potencial todo. A primeira é para lançar o purê de batata (não congelado), produto voltado para o varejo e o food service. Serão lançados também, os novos cortes de batata pré-frita congelada: fatiada, ondulada e crinkle. “São produtos que apresentam resultados diferentes em termos de sabor, crocância e combinações; e a publicidade precisa contemplar e destacar essas características”, considera Fernando Navarro, diretor de planejamento da PG Comunicação, empresa responsável pela publicidade e pelo apoio ao setor de Marketing da Bem Brasil Alimentos.

Nova linha de embalagens

Outra mudança é a nova linha de embalagens dos produtos Bem Brasil. “No ano passado uma pesquisa junto aos consumidores nos estimulou nessa direção. Os objetivos da mudança, segundo a diretora de Atendimento da PG Comunicação, Eliane Radomille, são modernizar a apresentação, apresentando um visual mais limpo e com maior destaque para a marca Bem Brasil.

Também serão adotadas, no lugar das imagens ilustrativas, fotos especializadas com o produto pronto para ser servido. Mesmo com as imagens mais realistas, serão mantidas as áreas de transparência. Tudo para que o consumidor tenha total segurança sobre o produto que está adquirindo.

O lançamento das novas embalagens e novos produtos estará disponível a partir de julho de 2017, para o mercado em toda a rede de distribuidores da Bem Brasil, mais de 100 em sua totalidade e que fazem com que a marca possa ser encontrada na maior parte das regiões do país, com a mesma qualidade e mesma capacidade de entrega. “A nossa rede de distribuidores é comprometida com as nossas premissas, na fábrica, ou seja, de atender a cada consumidor como se fosse único. O pequeno restaurante a quilo, a grande rede hoteleira, bem como a dona de casa têm o nosso respeito e para eles, nos empenhamos em oferecer o verdadeiro sabor da batata Bem Brasil”, defende Juliana.

Fonte: Diario de Araxa

 

Mercado Traz

Informe Publicitário

 

 

banner

Frango caipira congelado cortado
Líder em praticidade

                                   

O legítimo e "substancioso" Frango Caipira possui uma raça geneticamente pura e selecionada, conhecida como pescoço pelado.

São criados soltos,  em área de pastagem limpa.

Alimentam-se à vontade de milheto, sorgo, capim, milho e soja. Praticam muito exercício físico natural e como resultado se tornam grandes e musculosos, sem gorduras ou qualquer intervenção genética.

Primeiro abatedouro desta espécie de aves no estado de São Paulo. Com uma estrutura pioneira e inovadora serve de inspiração para outras empresas do mesmo segmento.

Normas ABNT

emfoco

Os frangos caipira ecológicos Cocoricor são criados rigorosamente dentro da norma da ABNT NBR (Associação Brasileira de Normas Técnicas) 16.389, o que garante ao animal qualidade de vida, ausência de stress e ambiente natural, o que garante aos animais excelente qualidade de vida, respeito ao seu ciclo biológico de atividade e repouso, exercícios físicos e vida em liberdade controlada em ambiente natural, o que se reflete diretamente na qualidade da carne.

Conheça mais o grupo Cocoricór e seus produtos -  Você vai gostar!

 

FOOD SERVICE
emfocoFacilidade e agilidade para encontrar  o que precisa

Participe

Fornecedor - Coloque sua empresa, seus produtos e serviços à disposição dos Grandes Compradores do Mercado de Alimentação – Anuncie no Guia de Fornecedor. 

Profissional – Consulte o Guia de Fornecedores a cada pedido! Facilidade e agilidade para encontrar o que precisa.

emfoco

Facilidade e agilidade para encontrar o que precisa

Com a procura constante dos Compradores por Fornecedores Qualificados e Técnicos no setor da alimentação, o Marketing Nutricional oferece aos gestores de serviços de alimentação, uma ferramenta de consulta fácil e atualizada. 

Saiba mais, acesse oGuia de Fornecedores

Publicidade

banner
Destaque Anunciante

 

Fornecedor

GRSA

Empresa: GRSA

Produto: Soluções em Alimentação

Telefone: (11) 2135-3000
Endereço: Rua Manuel da Nóbrega, 676 - Paraíso, São Paulo

Saiba mais...
fornecedor

Tetra Pak

Empresa: Tetra Pak

Produto: Equipamento de Embalagem

Telefone: (11) 5501-3200
Endereço: Avenida das Nações Unidas, 4777, São Paulo

Saiba mais...
Fornecedor

Bauducco

Empresa: Bauducco

Produto: Ind. Alimentos

Telefone: (11) 2142-9400
Endereço: R. Endres, 861-Vila Itapegica, Guarulhos-SP

Saiba mais...
Marketing

Xandô e Brasil Espresso criam bebidas em parceria

Ação de co-branding inclui sete produtos entre quentes e geladas utilizando leite Tipo A, creme de leite e até suco de laranja com cafés

emfoco

Produtos foram apresentados durante a Fispal (crédito: divulgação)

Em uma ação de co-branding, a Xandô e a Brasil Espresso, que detém as marcas Café do Centro, Astro Café e Spress, desenvolveram sete bebidas exclusivas entre quentes e geladas - utilizando leite Tipo A, creme de leite e até suco de laranja, 100% natural, sem adição de açúcar, água ou conservantes, da Xandô, e os cafés da Brasil Spresso.

Os produtos (café Espresso, Capuccino, Espresso com Panna, Caffe Latte, Mocha, Frapuccino de avelã e Café Gelado), foram apresentados durante a Fispal, realizada em São Paulo. A parceria chegará aos consumidores por meio de bares, restaurantes, cafeterias e padarias. As empresas agora trabalham na criação de campanhas online e off-line para o lançamento dos produtos.

 

Fonte: meio&mensagem

Marketing

Criando o hábito de ser lembrado e virar referência no Food Service
Em um segmento muito competivo como o Setor de Alimentação, os fornecedores devem buscar ser referência para que o Decisor de Compra possa estar mais aberto à questão da fidelização tanto ao produto, quanto ao fornecedor e à marca.

emfoco

 

O Setor de Alimentação fora de casa no Brasil é jovem se comparado com os Mercados Americanos e Europeus mas com uma margem maior para se desenvolver tanto isso se torna visível quando redes são ampliadas, novos restaurantes são abertos, cozinhas profissionais conquistam novos clientes. 

Com isso as empresas devem buscar formas mais práticas, eficazes e diretas afim de aproveitarem cada momento, seja em eventos, congressos, feiras e mídias direcionadas para mostrarem como sua empresa, marca e produto estão focados e ainda ressaltarem o quanto estão prontos a atender o Decisor de Compra do setor, tornando-se assim refência na hora que o operador responsável pela compra for desenvolver sua carteira de fornecedores e lembrar : " Não de incluí-lo mas sim definí-lo como Fornecedor Principal".

O mercado da alimentação fora de casa brasileiro tem grandes números bem como um alto grau de consumo por isso os fornecedores devem realizar estratégias que possam estimular e agregar valores em relação à atenção do Decisor de Compra e mostrar porque deve se tornar o Fornecedor Principal.

Marketing

Rock in Trio: Supla estrela a campanha do Bob's para o Rock in Rio 2017

emfoco

Ação terá ainda a participação do youtuber Felipe Neto, lançamento de copos exclusivos temáticos e mini burgers de três sabores diferentes

Fornecedor oficial de hambúrguer do Rock in Rio, o Bob´s lança, em todas as lojas do Brasil, a promoção Rock in Trio.

A novidade inclui o lançamento dos mini burgers Big Bob, Cheddar e Barbecue, além de seis modelos de copos exclusivos do Rock in Rio e uma ação entre o cantor Supla e o youtuber Felipe Neto.

emfoco

O trio dos mini burgers, criados exclusivamente para esta promoção, é composto dos seguintes sanduíches: mini Big Bob, com pão, hambúrguer, molho Big Bob, bacon, cebola e alface; mini Cheddar, com pão, hambúrguer, molho Cheddar e cebola com shoyo, e mini Barbecue, composto por hambúrguer, pão, molho barbecue, cebola crispy e tomate.

Na compra do trio (3 mini burgers + batata média + refrigerante médio), o cliente leva para casa um copo exclusivo do Rock in Rio 2017.

A coleção, idealizada pelo Estúdio Ícone, é composta por seis copos, cada um com um ritmo musical: hip-hop, indie, pop, eletrônico, heavy metal e rock.

Ainda é possível levar o mini nuts, pão com creme de chocolate com avelã, de sobremesa por mais R$ 4,00.

A campanha publicitária, criada pela agência NBS, traz como protagonista o cantor Supla. No filme, um garoto com estilo roqueiro anda pelas ruas comendo um mini burger do Bob’s e várias pessoas o cumprimentam fazendo o sinal do rock’n roll.

O plano de mídia contempla ainda uma ação digital. O youtuber Felipe Neto baterá um papo descontraído com o cantor Supla. Eles vão citar algumas atitudes consideradas rock’n roll e quem já fez o que for mencionado experimenta um dos mini burgers do Bob’s.

Expectativa

A rede Bob’s tem expectativa de alavancar as vendas de sanduíches em até 10%, com o lançamento dessa novidade. De acordo com o diretor de marketing da rede Bob’s, Carlos Pollhuber, existe uma parceria de sucesso firmada há anos entre Bob’s e Rock in Rio.

“A nossa comunicação, assim como as nossas lojas, já estão começando a entrar no clima do festival. A nossa parceria, Bob´s e Rock in Rio, sempre foi de resultados muito positivos. Agora vamos estrear essa campanha que leva aos consumidores uma coleção exclusiva de copos temáticos inspirados nos gêneros musicais e mais uma novidade: os nossos sabores tradicionais em versões menores. Identificamos em pesquisa que os mini burgers eram algo que nossos consumidores sempre desejaram e nós resolvemos lançar essa novidade na campanha emblemática de Rock in Rio. Agora, nossos clientes têm a possibilidade de experimentar trës sanduíches do Bob’s de uma única vez”, afirma Pollhuber.

Fonte: Mercado & Consumo

Padaria em Ação

Padaria paulistana cria Dia de Croissant

emfoco

A rede de padarias Benjamin A Padaria, com 12 lojas espalhadas pela cidade e quiosques em alguns shoppings, instituiu a quarta-feira como Croissant Day e todas as suas unidades. 

Além das opções tradicionais da casa, como os sabores de chocolate, presunto e queijo, três queijos, calabresa e peito de peru (R$ 8,90 cada), a rede lança também uma versão exclusiva, com a marca Ovomaltine (R$ 8,90).

Foram criados também dois combos para o lançamento. O primeiro combina o croissant de Ovomaltine com café expresso (R$ 10,90) e o segundo com bebida gelada, também de Ovomaltine (R$ 14,90).  

Além disso, a rede dispõe também de serviço delivery via iFood e encomendas via central.

Esta é uma das iniciativas da rede, que pretende lançar em paralelo um audacioso plano de expansão para criar a primeira rede nacional de padarias nos próximos cinco anos e atingir a marca de mil lojas em operação no País.

Fonte: Mercado & Consumo

 

ACONTECEU

 

descrição da imagem

HOMENAGEM 5ª SEMANA

Profissional - Marcelo Lohmann

Capacitador no programa Qualidade na Taça - Vinhos do Brasil na empresa Ibravin e Wine & Gourmet Sales Consultant na empresa Lohmann Serviços. Eventos ( maximo 15 pessoas ) Elaboração e Confecção de fino cardápio com pratos a la carte.

Saiba mais...
descrição da imagem

HOMENAGEM 5ª SEMANA

Profissional -Daniel Jesus Do Amaral

Trabalha na USP - Universidade de São Paulo - SP com chocolates belgas Barry Callebaut. Estudou na instituição de ensino Grupo Educacional UNIESP. Em 1998 foi garçom do Presidente Fernando Henrique Cardoso no Palácio da Alvorada.

Saiba mais...
descrição da imagem

HOMENAGEM 4ª SEMANA

Profissionail - Evelize Fraga

Encontrou sua vocação no mundo dos bolos e doces artísticos. Desde 2001 vem trabalhando na área e depois de muitos cursos nacionais e internacionais...

Saiba mais...
descrição da imagem

HOMENAGEM 3ª SEMANA

Profissionail - Marcos Lôbo

Chief Executive Officer na empresa Consultoria e Assessoria s/a., Chef na empresa FOOD BIKE Toca do Lôbo e Chefe de cozinha na empresa Restaurante

Saiba mais...

 

ANUNCIE

Comunicação com o Mercado de Alimentação
EM FOCO Food Service

Notícias, Informações e Acontecimentos do Setor de Alimentação que você Profissional precisa para ficar bem informado sobre a sua área e manter-se atualizado dentro do Mercado de Alimentação

Publicidade

banner

Cadastre-se e receba o EMFOCO Food Service

Você Fornecedor e Prestador de Serviço agora tem uma forma inteligente de manter-se em contato e em evidência com o seu público que é o Grande Comprador.

Publicidade

banner

Peça a sua proposta para anunciar no EM FOCO Food Service

Saiba mais, acesse oQuero Anunciar no EM FOCO Food Service

Agenda

AGENDA 2017

Mercado de Alimentação Food Service

 

Mostre sua Feira, Evento, Curso, Congresso, para o Setor de Alimentação

Mais de 35.000 Profissionais recebem Notícias e Informações através do nosso Portal Marketing Nutricional e de nossas ações de divulgação do que irá acontecer durante o ano.

Profissionais da área da Alimentação

Nutricionistas, Chefs, Gerentes, Confeiteiros, Cozinheiros, Proprietários de Restaurantes que procuram por novidades, conhecimento e atualização, acompanhem os Cursos e Eventos para os profissionais do segmento.

Vocês poderão através de uma pequena e simples pesquisa na Agenda do Portal Marketing Nutricional conferir o que acontece no seu mercado e os Cursos . Eventos e Feiras que desejam participar

 

emfoco

 

 

 

11 a 14 de Setembro – Equipotel 2017

emfoco

Alimentos Seguros

 

Fiscalização em restaurante corporativo: sua empresa está preparada?

 

emfoco

A fiscalização em  restaurantes corporativos  costuma gerar apreensão e ansiedade aos gestores. Isso porque ela ocorre inesperadamente e pode interferir no funcionamento da empresa contratante.

Pensando nisso, é importante observar os requisitos que garantam a idoneidade da empresa alimentícia inserida no ambiente corporativo, para não ter problemas na suspensão dos serviços. As atividades gerenciais devem se pautar no conhecimento das legislações para antever problemas e instituir medidas corretivas e preventivas antes de uma possível infração às normas sanitárias.

Se você está querendo analisar o restaurante corporativo e verificar as normas de uma  inspeção sanitária em restaurante, acompanhe o post  e saiba como avaliar pontos importantes desse serviços.

Existência do manual de boas práticas

O Manual de boas práticas é um conjunto de procedimentos relacionados às condutas corretas baseadas na legislação vigente da região. No caso de restaurantes, todos os requisitos que se referem às atividades de preparo, higienização e contaminação microbiana devem ser documentadas.
Nesse sentido, os gestores devem ficar atentos quanto às normas para evitar contaminação cruzada ao manipular alimentos, as formas adequadas de desinfecção dos utensílios domésticos e a utilização frequente de equipamentos de proteção individual. Nesse material, também devem ser incluídos os procedimentos operacionais padronizados (POP) sobre cada atividade desempenhadas, de forma que todos os funcionários compreendam as etapas e as realizem uniformemente.

Avaliação dos treinamentos periódicos

Os treinamentos de funcionários têm como propósito a sensibilização e assimilação de conhecimentos pertinentes às tarefas desempenhadas dentro do ambiente de produção. Nesse sentido, os gestores devem aplicar periodicamente os treinamentos para atualização constante.
Caberá aos gestores avaliarem o tipo, conteúdo, metodologias e demais variáveis que atestam um bom treinamento aos funcionários. A execução prática das atividades conforme os ensinamentos adquiridos costuma ser mais eficaz que uma prova objetiva.

Adequação à legislação própria

Um restaurante corporativo deve atender as normas sanitárias e legislativa para manter o adequado funcionamento. Por isso, é importante que os gestores da empresa contratante analisem a documentação comprobatória e a validade das mesmas. Essa situação será importante para não acarretar paralisação ou interrupção do serviço de alimentação e trazer prejuízos para os funcionários que dele necessitam.

Uma empresa que preza pela qualidade dos seus serviços, bem estar de seus funcionários, excelência nos produtos gerados e atualização dos conhecimentos legislativos deve ser referência para a instituição contratante.
A fiscalização em restaurante é uma medida que faz parte do processo de garantia do processo de segurança alimentar. Devido a isso, os gestores que contratam os serviços terceirizados de alimentação precisam ter uma parceria de confiança.

Por isso, é importante que essas empresas apresentem com clareza e objetividade todos os parâmetros para continuar prestando os serviços alimentícios nas empresas contratantes. Algumas já realizam o chamado índice de qualificação para avaliar o restaurante corporativo e, dessa forma, instituir medidas assertivas. Por isso, conhecer todas essas nuances é essencial para manter o restaurante corporativo em funcionamento, proporcionar segurança alimentar e evitar infrações indesejadas.

Fonte: Exal

 

Alimentos Seguros

 

HISTÓRIA DE SUCESSO

RESTAURANTE DA LC, NA REFINARIA ABREU E LIMA, RECEBE NOTA MÁXIMA EM AUDITORIA

 Auditoria confirma que é a primeira vez que uma Refinaria ganha nota máxima em todos os padrões sanitários exigidos pela Legislação NR 216 e ANVISA

A Refinaria Abreu e Lima, cliente da empresa de refeições coletivas LC Restaurantes, acaba de receber nota máxima em Auditoria realizada pela equipe de Nutrição Petrobras Brasil. A Refinaria fica em Ipojuca, na Região Metropolitana de Recife, em Pernambuco.

emfoco

A Auditoria, que acontece em todo o Grupo Petrobras anualmente, foi feita pelas Nutricionistas da petroleira, Isabela Cristina Lobo de Morais e Luciana Wanderley. Durante dois dias, foram avaliados todos os padrões sanitários exigidos pela Legislação NR 216 e pela ANVISA, envolvendo recebimento, armazenamento, produção e distribuição, inclusive nas três copas dentro da Refinaria que atuam com refeição transportada.

Foram verificados também quesitos como planilhas, controles, certificados de dedetização, potabilidade de água e temperatura final dos alimentos frios nas copas. “Durante a reunião de encerramento da Auditoria, foi ressaltada a excelência dos nossos trabalhos, resultando em uma nota que nenhuma outra Refinaria atingiu”, afirma Roberta Machado, Gestora dos contratos da LC em Pernambuco.

Na reunião, foi apontado também o comprometimento da LC em relação ao atendimento e à entrega do produto final, atestando o profissionalismo dos colaboradores, que seguem à risca as normas e os valores da empresa. “Gostaria de destacar que grande parte deste reconhecimento se deve ao trabalho da nossa nutricionista Crislene Celestino dos Santos, que, diariamente, se empenha nos processos de qualidade e no controle de planilhas e registros”, finaliza Roberta.

Contratada pela Petrobras em 2014, a LC Restaurantes gera uma receita de quase R$ 1 milhão por mês com o projeto da Abreu e Lima, sendo esta a Refinaria da petroleira mais moderna na América Latina.

Fonte: LC Restaurantes

 


 

Vigilância Sanitária

 

emfoco

Dr. Êneo Alves da Silva Jr- Traz mais informações sobre as questões Sanitárias, através destas informações você pode estar atualizando-se, informando-se e fazendo um melhor controle.

 

DECRETO No - 9.013, DE 29 DE MARÇO DE 2017

Dispõem sobre a inspeção industrial e sanitária de produtos de origem animal.
Regulamenta a Lei nº 1.283, de 18 de dezembro de 1950, e a Lei nº 7.889, de 23 de novembro de 1989, que dispõem sobre a inspeção industrial e sanitária de produtos de origem animal.

Enviado por Dr. Êneo Alves da Silva Jr - Biomédico – Microbiologista. Especialização em Microbiologia Geral e Metodologia do Ensino Superior. Mestrado e Doutorado em Microbiologia de Alimentos e Controle Higiênico-Sanitário em Serviços de Alimentação. Autor do Manual de Controle higiênico-Sanitário em Alimentos da Livraria Varela. Sócio/Diretor da CDL Central de Diagnósticos Laboratoriais

Preencha o formulário e solicite o pdf do DECRETO No - 9.013, DE 29 DE MARÇO DE 2017

 

Vigilância Sanitária

Conheça a nova publicação da Anvisa:

Resolução para prestação de serviços de alimentação em eventos de massa

Preencha os dados do formulário para receber o pdf da resolução

RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA- RDC Nº 43


Anvisa:

O DECRETO No - 9.013, DE 29 DE MARÇO DE 2017


Preencha os dados do formulário para receber o pdf do DECRETO - 9.013, DE 29 DE MARÇO DE 2017

Vigilância Sanitária

 

 

BLOG DOS PROFISSIONAIS

 

Mercado Profissional

 

Mercado Profissional

° Contratar e ser Contratado no Setor de Alimentação.

emfoco

O Setor de Alimentação possui uma demanda tanto na questão de Oferta de Vaga quanto na procura de Profissionais que possam ter interesse seja para começo de carreira no segmento como para quem busca uma oportunidade de recolocação.

Como um bom currículo bem colocado, os profissionais podem ter uma melhor procura e assim mostrar para o mercado a sua disponibilidade. Se esta em um novo momento, mostre-se para o Mercado Profissional

Saiba mais, acesse oMercado Profissional

Receita

 

Sopa de Lentilha Vermelha e Alho-Poró

 

emfoco

 

(rende 6 Pessoas)

Ingredientes

 

  • 1 cebola grande finamente picada
  • 3 colheres de sopa de óleo
  • 1 ½  xicara de lentilha vermelha
  • 2,25 litros de água
  • 150 gramas de alho-poró cortado em rodelas finas
  • 1 ½ colher de sopa de manteiga
  • ½ colher de pimenta-do-reino branca em pó

 

Modo de preparo

Refogue a cebola no óleo até ficar dourada. Adicione a lentilha, cubra com a água e deixe cozinhar. Em uma frigideira, doure o alho-poró na manteiga.

Quando a lentilha estiver bem cozida, junte o alho-poró, o sal e a pimenta-do-reino. Cozinhe por mais 5 minutos. Sirva quente acompanhada de pão árabe .

DICA DA CHEF: Você pode usar acelga no lugar do alho porró.

Chef Leila Kuczynski

 

Fornecedores

banner

Veja como Anunciar

banner

MERCADO PROFISSIONAL

banner

ENTREVISTA

banner

BLOG DOS PROFISSIONAIS

banner

Edições Anteriores - EM FOCO Food Service

banner Saiba mais...

Mantenedores

banner

Emprego

Notícias do Setor de Alimentação. Cadastre-se!

DIVULGAÇAO

DIVULGAÇÃO